Carisma na geladeira

Carlos Moreno foi certamente o garoto propaganda mais marcante da publicidade brasileira. Só par ter uma ideia ele entrou no Guinness Book como o garoto propaganda mais antigo e que gravou mais comerciais.

Em 2004 quando acabou seu contrato com a Bombril ele já havia feito 337 comerciais pela marca. Sua saída funcionou como estratágia da marca de posicionamento. Porém, um dificil papel fazer isso sem que os consumidores de alguma forma tomassem as dores desse rompimento. Este foi o útimo anúncio desta fase:

De certa forma uma defesa da marca para não perder a proximidade com o cliente mesmo sem Moreno.

Para qualquer marca a longo prazo não é interessante manter um rosto atrelado tão diretamente à marca, para os consumidores o ator acaba se tornando a própria imagem do produto. E a marca dependente do personagem.

Após a crise que a empresa passou e perda de mercado em 2007 recorreu ao garoto propaganda mais uma vez para alavancar as vendas. Por que você acha que a Bombril tomou essa decisão?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s